sexta-feira, 4 de março de 2011

Voar


Ás vezes eu só quero fugir, sair voando mundo afora. Procurando vestígios de felicidade no meio de um mundo tão injusto e cruel. Preciso descansar meus ouvidos por escutar tantas coisas ruins, preciso descansar meus olhos fadigados por verem tantas barbaridades. Preciso descansar inteiramente.
Quero sair voando e quando voltar, se voltar, ver quem sentiu minha falta. Seria ótimo se eu pudesse pegar um guarda chuva e flutuar junto com meus pensamentos.
É no silêncio da noite que eu penso em tudo que não consigo pensar durante o dia, é da calma da noite que tenho a resposta que não conseguia achar para meus problemas. Queria voar até o céu, deitar-me em uma nuvem e simplesmente pensar. Refletir sobre o que estou fazendo com minha vida, no que eu preciso melhorar... Eu quero o impossível.

Um comentário:

  1. Quem dera poder voar, né? Pois eu queria sim e muito! :)
    :*

    ResponderExcluir

Faça uma escritora feliz, comente.