quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Cruzado


Andei ao seu lado sem você saber,
Pois não podias me ver.
Não te procurei,
nem sequer precisei!


O destino te jogou para mim,
e foi melhor assim.
Nossos passos eram sincronizados,
Andávamos juntos por lugares diferentes.


Até o dia em que cruzamos,
não nos falamos.
Ainda não era hora,
mas você já sabe agora.


Coincidências nos cercam.
De montes!
São como pontes...
Que tentam nos unir.


Nossos caminhos eram cruzados.
Ainda por serem separados!
Eu sempre estive com você,
apesar de me esconder.
Se algo acontecer,
eu vou interceder!


Hoje posso lhe abraçar,
E juntos podemos falar.
Nunca tivemos esta oportunidade,
O que está em suas mãos, agora, é a verdade.


Faça bom proveito dela,
pois posso ver pela janela
o desenrolar desta complicada novela.


O passado nos espera
trazendo consigo
tudo o que estava perdido.
Tornando-se um amigo.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. adorei ler isso,me faz pensar na vida e perceber q é verdade.
    ju

    ResponderExcluir
  3. Ahhh Ju, muito obg! *-* mas... o que é verdade?
    Bia Queiroz.

    ResponderExcluir
  4. tudo o q vc escreve n deixa de ser a pura verdade da vida.
    ju

    ResponderExcluir
  5. Onw, mana *-* assim eu fico com vergonha. auhsuahsaushaush

    ResponderExcluir

Faça uma escritora feliz, comente.